Licenciamento mantém tendência decrescente

Por a 10 de Maio de 2005

obra

O mês de Março voltou a acentuar a tendência de quebra no licenciamento para a construção de novos edifícios verificada nos últimos 12 meses, de acordo com os dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os dados apresentados por aquele organismo revelam que os valores médios da queda rondam os 5,4 por cento, e englobam também do número de edifícios licenciados de construções novas para habitação familiar e do número de fogos licenciados de construções novas para habitação. No entanto, em relação ao mês de Fevereiro constatou-se um aumento de 15 por cento no que diz respeito ao número de licenciamentos. Do total de edifícios licenciados em Março de 2005, 78,2 por cento referiram-se a construções novas, dos quais 82,4 por cento destinados à habitação familiar.