Nó do Cartaxo vai ser uma realidade

Por a 26 de Julho de 2005

Segundo comunicado do Conselho de Ministros, a construção do novo nó entre o Cartaxo e Santarém vai ser uma realidade, visando colmatar a necessidade de uma ligação ao Cartaxo, que possibilite o acesso rápido e directo a esta cidade do Ribatejo.

Inicialmente estava apenas planeado a construção de um nó de acesso à Auto-Estrada do Norte (A1) naquele concelho ribatejano, para a concretização do alargamento para três faixas do troço da A1 entre Aveiras de Cima e Santarém.

Agora, a quatro meses de ser inaugurado o nó do Cartaxo, o Governo realizou uma rectificação no contracto de concessão da Brisa, para a construção de um novo nó, o qual vai ser construído sensivelmente a meio do sublanço de Aveiras de Cima e Santarém.

O novo nó do Cartaxo, antiga aspiração da edilidade e das populações locais, foi incluído nas obras de alargamento das vias do lanço entre Aveiras e Santarém. A obra vai ser suportada pela Brisa (80%) e pela Câmara Municipal do Cartaxo (20%).

Segundo fonte da Câmara Municipal de Cartaxo «a obra vai estar concluída no mês de Novembro». A obra foi adjudicada pela Brisa à Somague/Sacyr por 4,9 milhões de euros, preço base de 2003.