Hercesa oficialmente em Portugal

Por a 4 de Novembro de 2005

hercesa

Carlos Cercadillo, director de expansão e novos investimentos da Hercesa anunciou ontem, no decorrer do Salão Imobiliário de Lisboa, a constituição da Hercesa Imobiliária Portugal, com o objectivo de promover habitação de primeira residência próxima dos grandes centros urbanos.

De acordo com este responsável, esta vai ser uma «empresa portuguesa com alma e sentimento luso». Numa altura em que comemora 30 anos de existência em Espanha, a Hercesa anunciou a aquisição do edificio da antiga sede da Comissão de MErcado de Valores Mobiliários (CMVM) na Rua Fontes Pereira de Melo, nº 21, escusando-se no entanto a avançar com o valor da transacção.

O edifício em causa , com 2500 metros quadrados de construção em cerca de nove pisos será a nova sede da promotora espanhola em Portugal.

Tiago Gil, delegado comercial da Hercesa Imobiliária Portugal revelou mais alguns dados sobre a primeira aposta da empresa no nosso país. Conforme o Construir já havia avançado anteriormente, a primeira aposta vai para um empreendimento nos concelhos de Loures e Odivelas, com cerca de 1200 apartamentos desenvolvidos em cinco fases. O inicio das vendas está previsto para o segundo trimestre de 2006 e a primeira fase da construção, com 200 apartamentos, irá avançar no terceiro trimestre do mesmo ano.

De acordo com Carlos Cercadillo, não está ainda definida qual a empresa responsável pela construção do empreendimento, devendo as consultas iniciar-se, ao que o Construir.pt conseguiu apurar, no início do próximo ano.