Martifer aposta em nova tecnologia para centrais solares

Por a 20 de Abril de 2006

A Martifer pretende apostar no desenvolvimento de uma nova tecnologia, com o intuito de transformar as centrais híbridas de energia solar termoeléctrica mais eficientes.

A empresa, pertencente ao grupo Mota-Engil, não sabe ainda ao certo qual o valor do investimento a realizar, mas poderá situar-se entre os 1,1 e os 1,2 milhões de euros por megawatt, segundo experiências internacionais.

O projecto vai ser apresentado à Agência de Inovação. Jorge Martins, vice-presidente da Martifer, avançou ao «Diário de Notícias» que os estudos realizados indicam que «dentro de dez anos o custo deste tipo de energia esteja ao nível da utilizada na energia eólica».

No entanto, o responsável adiantou à mesma fonte que o arranque do projecto definitivo vai depender da criação em Portugal de uma lei que permita o funcionamento das centrais híbridas.