Venda de máquinas pesadas caiu 11 por cento até Abril

Por a 24 de Maio de 2006

112 Eica 7

Em tendência inversa, a venda de máquinas de movimentação de cargas registou uma considerável subidas, na ordem 10,6 por cento

O número de vendas de máquinas de movimentação de terras foi, entre Janeiro e Abril deste ano, 5,1 por cento inferior ao que havia sido registado em igual período do ano passado.

De acordo com os dados avançados pela Associação do Comércio Automóvel de Portugal (ACAP), nos quatro primeiros meses deste ano foram vendidas 766 máquinas de movimentação de terras e 618 máquinas de movimentação de cargas. No que respeita a este tipo de maquinaria, registou-se uma subida significativa, na ordem dos 10,6 por cento.

Relativamente ao segmento de mercado das máquinas de movimentação de terras, as vendas de máquinas pesadas baixaram 11 por cento, relativamente ao período homólogo do ano anterior, o qual se deveu fundamentalmente ao decréscimo das vendas de retroescavadoras (-16,3 por cento) e de pás de rodas (-24.1 por cento). Relativamente ao segmento das máquinas ligeiras, as vendas cresceram 12 por cento, relativamente ao período homólogo do ano anterior, sendo que esta evolução foi determinada, unicamente, pelo aumento das vendas de mini escavadoras (30,7 por cento).

Relativamente ao segmento de mercado das máquinas de movimentação de cargas, com a excepção das vendas de empilhadores todo-o-terreno que baixaram 6,7 por cento, as vendas de todos os restantes tipos de empilhadores tiveram evoluções bastante positivas. No seu conjunto, como já foi referido, este mercado cresceu no período em análise 10,6 por cento, relativamente ao período homólogo do ano anterior.