Fincas Corral Frontal torna-se na primeira empresa imobiliária luso-portuguesa

Por a 2 de Junho de 2006

A portuguesa Frontal e a espanhola Fincas Corral fizeram uma aliança imobiliária e criaram a imobiliária Fincas Corral Frontal. Trata-se da primeira empresa imobiliária ibérica.

A Fincas Corral Frontal foi apresentada ontem, dia 1 de Junho, em Lisboa, e prevê-se que alcance 36 milhões de euros de facturação.

A empresa pretende abrir 100 escritórios sem franchising, sendo o investimento previsto de quatro milhões de euros. O objectivo de Fincas Corral Frontal é «unir a experiência e o conhecimento de ambas as empresas para alcançar com maior solidez o desafio que supõe a penetração em novos mercados de língua portuguesa no mundo, principalmente Brasil, e continuar com a extensão da sua implantação contínua e sustentada no mercado luso», referem em comunicado.

Uma das grandes fortalezas e diferença da nova firma é a sua estratégia de crescimento baseada no impulso de uma rede de escritórios próprios geridos directamente pela matriz da imobiliária, cuja sede se situa em Lisboa.

Desta forma, a Fincas Corral Frontal desestima a opção de um crescimento baseado no franchising.

Segundo Dinis Fraga, «o modelo baseado em franchising tem vantagens uma vez que o investimento é realizado pelo franquiado, mas tem também muitos riscos como a perda de controlo sobre o serviço e a qualidade», finaliza.