Pousadas de Portugal suspendem internacionalização

Por a 22 de Setembro de 2006

O Grupo Pousadas de Portugal, gerido pelo grupo Pestana, suspendeu os planos de internacionalização, e aguarda resposta do Governo em relação ao projecto de alteração do prazo do contrato de gestão da rede de pousadas de 15 para 25 anos. O grupo pretende ampliar a rede hoteleira em 200 novos quartos em Portugal e outros 200 a 300 no estrangeiro. Mas enquanto não for dada resposta do Executivo, o grupo não avança com o plano.

O objectivo do grupo é investir 75 milhões de euros até 2009, dos quais 40 milhões já foram aplicados. Os planos incluem ainda o redimensionamento de algumas unidades. A expansão da rede com recurso ao franchising está também nos planos do grupo Pestana.