Estudo da Cushman revela que retalho mantém crescimento

Por a 9 de Novembro de 2006

O estudo ‘European Retail Review’ publicado pela consultora Cushman & Wakefield (C&W) revela que o mercado de retalho na Europa deverá manter o ritmo de crescimento das rendas a curto ou médio prazo.

A principal razão desta subida reside no sector de armazéns de retalho em que o modelo que está a proliferar pelos países europeus é o dos ‘retail parks’. Em alguns mercados como a França, Bélgica e Espanha, os retalhistas do tradicional comércio de rua, estão a optar por localizar os seus negócios nestes novos espaços comerciais, o que acelera a subida de rendas.

Sandra Campos, directora do departamento de retalho da C&W explica que os retalhistas, em particular aqueles que «estão em centros comerciais, estão a deslocar-se para ‘retail parks’ com o objectivo de aproveitarem as rendas mais baixas». Esta tendência verifica-se com especial incidência em França e na Bélgica.

O maior crescimento do valor das rendas praticadas no comércio de rua vai verificar-se em países como Portugal (devido à nova lei de arrendamento urbano), na Grécia, Rússia e Espanha.