CPTP constrói porto nos Açores

Por a 15 de Dezembro de 2006

Decorre neste momento a dragagem de rocha para obtenção de fundos e a construção de um molhe de abrigo

O consórcio liderado pela Companhia Portuguesa de Trabalhos Portuários (CPTP) está neste momento a desenvolver a empreitada de construção do porto de recreio de Vila do Porto, na ilha de Santa Maria, nos Açores, orçado em cerca de 9 milhões de euros.

Em curso está a dragagem de rocha para obtenção de fundos e a construção de um molhe de abrigo. Segundo o engenheiro encarregue da obra, Luís Ferreira, explicou ao Construir, esta fase é importante no sentido de «conseguir proteger as obras interiores, para ter salvaguarda durante o Inverno».

O engenheiro assegura que «o grande desafio desta obra é ser feito no meio do oceano, que se torna complicado em termos de logística». Luís Ferreira aponta ainda o estado do mar e as condições meteorológicas dos Açores como uma dificuldade acrescida à prossecução da obra: «a zona já foi afectada por vários furacões», destaca.

A empreitada prevê ainda a construção de um cais de serviço com 26 metros de frente de acostagem, uma doca para um pórtico de 35 toneladas com 17,5 metros de comprimento e ainda retenções marginais, terraplenos pavimentados e infra-estruturas com redes viárias. Este tipo de intervenção só deverá, contudo, ser iniciado na Primavera ou Verão, devido às melhores condições climatéricas.

O projecto de execução foi elaborado pela Consulmar, enquanto que a CPTP elaborou a variante construtiva do cais.

A obra é financiada pelo Sistema de Incentivos a Produtos Turísticos de Vocação Estratégica. A nível de programa de trabalho, a conclusão prevista é para Dezembro de 2007, mas o objectivo da CPTP é conseguir antecipar esta data.