Siemens vai construir central de captura de CO2 nos Estados Unidos

Por a 17 de Agosto de 2010

Através do sector Energy, a Siemens será responsável pelo planeamento, design, instalação e operação de uma central-piloto nos Estados Unidos, com vista ao tratamento de gases da central “Big Bend”, propriedade da empresa pública Tampa Electric.

A central eléctrica de carvão desta empresa norte-americana está localizada no sudeste da Florida e tem uma potência instalada de 1,892 megawatts. O projecto-piloto ficará instalado a jusante do sistema de dessulfurização húmida (FGD) da Siemens.

De acordo com o comunicado da multinacional alemã, este sistema, já existente, processa 890 megawatts de gases de escape através de um único absorvedor. A central a construir deverá “captar 90% do CO2 emitido por uma das saídas de gases”.

O mesmo documento refere que, para esta central-piloto, a Secretaria de Estado de Energia (DOE) dos EUA contribuiu com 89 milhões de dólares (69 milhões de euros), “um exemplo claro da vontade da Administração Obama em fomentar a adopção de tecnologias verdes por parte do sistema electroprodutor norte-americano”.

Os responsáveis da Siemens declaram que este projecto visa, em primeiro lugar, reduzir “o enorme consume de energia tradicionalmente associado às tecnologias de captura de CO2” e servirá também para “demonstrar a tecnologia POSTCAP”, que utiliza um sal aminoácido como solvente para a captura do dióxido de carbono. A entrada em funcionamento desta central está prevista para 2013.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *