Cushman & Wakefield mandatada para gerir edifício Mar Vermelho

Por a 18 de Janeiro de 2011

A consultora imobiliária global Cushman & Wakefield (C&W) anunciou recentemente que foi mandatada pela Commerz Real para a gestão do edifício Mar Vermelho, no Parque das Nações, em Lisboa.

Localizado na Av. D. João II, o edifício Mar Vermelho totaliza uma área bruta de construção de aproximadamente 7.000 m2, dividida em 9 pisos acima do solo, e 176 lugares de estacionamento privativos em 3 pisos de cave.

Em termos de serviços e infra-estruturas, o edifício oferece vigilância 24h/24h, estando os escritórios equipados com sistema de ar condicionado a 4 tubos, detecção de incêndios, piso técnico sobre-elevado, tectos falsos com iluminação embutida, instalações sanitárias privativas e copa.

Segundo avança a consultora, o edifício conta ainda com “um técnico permanente para assistências diárias, e um sofisticado sistema de gestão de energia que permite aos inquilinos uma diminuição de consumos e custos adequados a uma politica de sustentabilidade consciente. A possibilidade de uma empresa optimizar os consumos em função dos seus horários de funcionamento e ocupação de cada espaço dos escritórios, é uma mais valia do edifício Mar Vermelho”.

A Cushman & Wakefield assegurará a gestão da exploração do edifício a nível operacional e a nível locativo, incluindo a gestão dos serviços disponibilizados aos arrendatários, gestão técnica e financeira de investimentos e obras,  facturação e cobrança de rendas, gestão de contas bancárias, verificação de contas correntes e elaboração de relatórios do activo.

De acordo com Bruno Silva, director do departamento de gestão imobiliária da Cushman & Wakefield em Portugal, “este edifício distingue-se dos restantes do Parque das Nações, pelos seus terraços virados a Nascente com vista de rio, e ter os pilares dispostos pelo exterior permitindo espaços amplos com muita luminosidade. Para além destas características únicas, os sistemas de gestão de energia inovadores fazem também com que o edifício Mar Vermelho seja mais eficiente que a maioria dos edifícios, e no qual se conseguem diminuir significativamente os custos de exploração mas mantendo sempre os níveis de qualidade e conforto”.

O departamento de gestão imobiliária da Cushman & Wakefield, que conta com 27 colaboradores, tem actualmente 47 activos sob gestão, no valor de cerca de 1.250 milhões de euros, sendo responsável pela colecta de rendas no valor anual de 33 milhões de euros.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *