Adega da Quinta do Vallado entre os finalistas do prémio FAD 2012

Por a 31 de Maio de 2012

A nova Adega da Quinta do Vallado, da autoria de Francisco Vieira de Campos, é um dos projectos portugueses finalistas do prémio FAD 2012.

“Construído a partir de uma clara compreensão das formas de transformação da paisagem utilizadas nas encostas do rio Douro, resolve um programa complexo que se instala em construções novas e existentes, unidas para resolver os problemas de produção de vinho, de modo a que mantenha sempre uma escala apropriada da relação com o lugar”, refere o júri, presidido por Guillermo Vázquez Consuegra, citado em comunicado.

A Quinta do Vallado “conseguiu conservar as suas estruturas históricas e apostou na construção de uma adega que se integra na paisagem, compondo harmoniosamente um quadro que tem tanto de belo como de intenso”, refere a mesma fonte, acrescentando que “o edifício da adega exibe uma identidade clean, distinta, linear e contemporânea, que privilegia, para os revestimentos exteriores, o xisto, matéria-prima por excelência do Douro, do seu solo, das suas encostas e socalcos”.

O atelier Menos é Mais, do qual é associado Francisco Vieira de Campos, referiu que o facto de estarem seleccionados para o prémio FAD 2012 com duas obras “é um reconhecimento internacional que tanto honra o atelier como o nosso país”. Os prémios serão entregues a 12 de Julho no FADFest.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *