Especialistas mundiais debatem tendências da cor em Guimarães

Por a 5 de Junho de 2012

Eduardo Souto Moura, João Canijo e Maria Gambina são alguns dos representantes nacionais que vão falar sobre cor na Fábrica ASA em Guimarães, no âmbito da Capital Europeia da Cultura, que promove nos dias 7 e 8 de Junho – juntamente com o Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal (CITEVE) e a Intercolor – a International Conference on Color (ICoC).

Ornella Bignami, presidente da Intercolor – plataforma de pesquisa e desenvolvimento de cor para a indústria da moda, composta por 14 países europeus e asiáticos – abre a conferência, com o debate sobre influência da cor na comunicação não verbal.

No mesmo dia, os LikeArchitects e o designer Miguel Neiva, responsável pelo projecto ColorADD, que propõe um código criado para daltónicos apresentam a sua visão sobre o impacto da cor no seu trabalho.

No dia 8 de Junho será a vez de Eduardo Souto Moura abordar a importância da cor na sua obra arquitectónica, e de Maria Gambina, Luís Buchinho e Alexandra Moura comporem o painel onde será explicada a relevância da cor no desenvolvimento das suas colecções.

O evento conta ainda com a visão do criador de filmes de animação Pedro Serrazina, do realizador João Canijo – que tem vindo a ser premiado com o seu último filme “Sangue do meu Sangue” – e do fotógrafo premiado André Cepeda, cujos projectos trazem uma diferente perspectiva sobre o contributo do elemento cor nas suas produções.

O escritor e crítico de arte e literatura Bernardo Pinto de Almeida explicará a relação entre a cor, a poesia e a pintura.

Simultaneamente, nos dias 8 e 9 de Junho, a Capital Europeia da Cultura recebe, no Instituto do Design, a reunião internacional da Intercolor, que se realizará à porta fechada. O encontro, realizado duas vezes por ano, conta com representantes de 14 países e visa debater e apresentar as conclusões sobre as tendências da cor para o Verão de 2014. O evento vai juntar especialistas nacionais e internacionais ligados ao universo da cor – nas áreas da pintura, design, arquitectura, escrita, cinema e moda –, para debaterem a sua importância na criação artística e definirem as tendências para o Verão de 2014, revelou a organização da Capital Europeia da Cultura.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *