Manuel Tainha (1922-2012): Tiago Mota Saraiva fala de “um dos últimos Mestres que fez Escola”

Por a 19 de Junho de 2012

“Perde-se um dos últimos Mestres que fez Escola”, quem o diz é Tiago Mota Saraiva, responsável pelo ateliermob, reagindo à noticia da morte de Manuel Tainha. Ao Construir, Tiago Mota Saraiva recorda, no entanto que durante grande parte da sua vida o vencedor do prémio Valmor em 1951 foi impedido de leccionar.

“O Manuel Tainha esteve em todos os momentos históricos da arquitectura portuguesa nas últimas décadas. Participou e tomou voz activa neles, nunca se escondeu. Morreu um dos grandes”, sublinha Tiago Mota Saraiva ao Construir.

Em comunicado, o secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, lamentou a morte de um arquitecto que era “indiscutivelmente um dos maiores mestres da arquitectura portuguesa”.

Para Manuel Tainha, “o moderno e o popular nunca chocaram, antes se encontraram sempre num diálogo harmónico”, disse o secretário de Estado da Cultura na mesma nota de pesar.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *