Actividade económica e consumo privado voltam a cair menos em Julho

Por a 17 de Agosto de 2012

Os indicadores de actividade económica e consumo privado calculados pelo Banco de Portugal (BdP) voltaram a melhorar em Julho, mas mantêm-se em valores negativos, segundo os indicadores de conjuntura divulgados esta sexta-feira por aquele organismo.

Segundo o BdP, o indicador coincidente mensal para a evolução homóloga da actividade económica caiu 2,4%  em Julho, mantendo a tendência de abrandamento da quebra evidenciada desde Janeiro.

Os dados do BdP indicam tratar-se da menor quebra mensal homóloga da actividade económica desde Agosto de 2011.

Numa análise do acumulado até Julho, o indicador de actividade da economia fixou-se em -2,8%, contra -1,6% em 2011.

Relativamente ao indicador coincidente mensal para a evolução homóloga do consumo privado, que também tem vindo a recuperar sucessivamente desde os -6,4% registados em Fevereiro, situou-se nos -5,2% em Julho.

Este valor representa a quebra menos acentuada desde Setembro de 2011.

Em termos acumulados, este indicador fixou-se em Julho nos -6,0%, contra -3,7% em Julho de 2011.

Um comentário

  1. José Coelho

    21 de Agosto de 2012 at 8:23

    Faz-me confusão e causa suspeitas: ninguém sabe que alguma vez estes indicadores terão que “deixar mesmo de cair”,pois o caminho para o abismo social, para a indigência das classes “não privilegiadas”, nalgum momento ficará apenas à espera da morte por inacção. Ou não será assim? Podem começar a guardar as “moedas pretas” para distribuir à saída da “santa missa”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *