Ateliermob vence prémio em Veneza

Por a 30 de Agosto de 2012

 

Foram anunciados em Veneza os três premiados do “Prémio Future Cities, Planning for the 90 per cent”, sendo que o ateliermob (Portugal) foi um dos distinguidos, juntamente com o Secretariado de Habitação do Município de S. Paulo (Brasil) e Interazioni Urbane (Itália).

De acordo com o colectivo português o trabalho premiado – “Working with the 99%”, defende “um reposicionamento da prática de arquitectura como resposta urgente ao discurso que transmite a ideia de um País adiado e sem futuro”.

Nesse sentido, como primeiro caso de estudo foi apresentado o trabalho que o ateliermob se encontra a desenvolver no Bairro da Prodac em Lisboa, e que envolve um trabalho com a comunidade local e a autarquia, com o objectivo de legalizar e detectar situações de risco neste bairro, auto-construido pelos moradores há mais de quarenta anos.

No seu portal o ateliermob refere que este processo está a ser desenvolvido com as respectivas associações de moradores e, para a zona Norte, conta com o apoio do BIP-ZIP – Bairros e Zonas de Intervenção prioritária de Lisboa.

Ao Construir, Tiago Mota Saraiva e Andreia Salavessa revelaram que: “este prémio resulta no reconhecimento internacional do processo que estamos a levar a cabo no Bairro da Prodac em Lisboa, com as associações de moradores e a autarquia. Em primeiro lugar gostávamos de partilhar este prémio com todos os moradores que puseram de pé o bairro e que nunca deixaram de lutar pelas casas que auto-construiram. Por outro lado, este prémio incentiva todos os arquitectos e urbanistas que não desistem de trabalhar e cumprir o seu papel social, na melhoria das condições de vida dos 99% que não tem recursos para os contratar”.

Os vencedores foram anunciados no decorrer da inauguração da exposição sobre o prémio que contou com mais de 100 participações provenientes de diversos países. A mostra que está a decorrer até ao próximo dia 1 de Setembro em Veneza (Magazzino Gardini, Punta della Dogana), é um dos eventos paralelos da XIII Bienal Internacional de Arquitectura.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *