Confiança dos profissionais do sector do imobiliário sobe em Janeiro

Por a 5 de Março de 2013

O nível de confiança dos profissionais do sector do imobiliário registou valores positivos em Janeiro último, anunciou o IMI – Imovirtual Market Index, salvaguardando que, o indicador é evolutivo, pelo que esta evolução necessariamente positiva deve ser enquadrada com um Dezembro profundamente “frio” em termos imobiliários.

Segundo o IMI, este facto “é explicado por uma melhoria registada em Janeiro de todas as componentes deste estudo, concretamente, uma maior facilidade em angariar produto, o aumento da procura e do número de negócios concretizados (venda e arrendamento), assim como uma descompressão sobre as expectativas de curto e médio prazo tanto em termos de preços de mercado como em termos de dinâmica”.

De acordo com a mesma fonte, “o tempo médio para venda e arrendamento de imóveis diminuiu de forma residual em relação ao mês de Dezembro, sendo que o tempo médio para venda de casa em Janeiro se manteve em torno dos 16 meses e o tempo médio para arrendamento de imóveis, neste período, situou-se também nos cinco meses”.

O mesmo relatório conclui que “a maioria dos profissionais do sector do imobiliário considera que a dinâmica do mercado aumentou face a Dezembro (43%), sendo que 37% afirmou que se manteve e apenas 25% considera ter existido uma diminuição desta dinâmica”.

No entanto, refere a mesma fonte que, apesar desta subida do optimismo verificado, os mesmos profissionais apontam que os condicionalismos que se vivem desde há alguns meses neste mercado se devem em primeiro lugar à diminuição do poder de compra das famílias (70% das respostas), à restritividade bancária (67% das respostas) e por último à instabilidade do mercado de trabalho (63% das respostas). Outro dado a apontar é o facto de 44% dos profissionais auscultados considerarem que os valores de transação de imóveis irão baixar num futuro próximo.

O IMI – Imovirtual Market Index é um relatório mensal, de índole qualitativa, que procura sintetizar a forma como os principais actores da actividade imobiliária percepcionam o mercado, não apenas em termos presentes, como em termos prospetivos a curto prazo.

A amostra utilizada pelo IMI – Imovirtual Market Index, resulta da auscultação feita aos profissionais que anunciam no Imovirtual, com o objectivo de traçar um retrato actual e exato da realidade do mercado imobiliário, em particular da procura imobiliária, do dinamismo reflectido pela angariação de imóveis ou dos tempos médios de absorção do produto em carteira. Estes dados são analisados por uma entidade de referência, como a ESAI-Escola Superior de Actividades Imobiliárias e contrastados com a conjuntura económica do país.

Ao longo do período de realização do IMI-Imovirtual Market Index foram recebidas perto de 2.300 respostas de profissionais que actuam no mercado imobiliário, tais como empresas de mediação imobiliária, angariadores imobiliários, empresas de gestão e administração de imóveis, bem como promotores e investidores imobiliários.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *