Museu de Arte e Arqueologia do Vale do Côa vence prémio no Azerbeijão

Por a 12 de Novembro de 2013

O Azerbeijão promoveu este ano a primeira edição do Prémio Internacional de Arquitectura de Baku, um prémio organizado pelos Ministério da Cultura, Turismo e União de Arquitectos do Azerbeijão e apoiada pela União Internacional de Arquitectos e que destacou com o primeiro lugar o Museu de Arte e Arqueologia do Vale do Côa, na categoria de edifícios públicos.

“A materialidade do edifício evoca as pedreiras existentes na região através de duas naturezas distintas: a matéria do betão e a textura e cor da pedra local”, pode ler-se na descrição do projecto, lembra o P3.

Mas Camilo Rebelo e Pedro Tiago Pimentel não foram os únicos. Na categoria de arquitectura de paisagem, Raulino Silva conseguiu o terceiro lugar com o projecto “Equipamento para Eventos (II)”, feito a partir de materiais naturais, localizado no jardim de uma quinta em Vila Nova de Famalicão e pensado para dar apoio a eventos, avança ainda o P3 na mesma notícia.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *