Garcia, Garcia executa dois projectos PIN e cresce 100% em três anos

Por a 22 de Maio de 2014

A Garcia, Garcia anunciou um crescimento de 100% em três anos, “apenas no mercado nacional, contrariando a crise que o sector atravessa em Protugal”.

No seu comunicado de imprensa, a construtora com sede em Guimarães afirma ser, actualmente, a única no país responsável pela construção de dois projectos de potencial interesse nacional (PIN), que consistem no complexo industrial da BorgWarner, no Parque Industrial de Lanheses, em Viana do Castelo, e a nova unidade da Casfil, no Parque Industrial da Ermida, em Santo Tirso.

Segundo a mesma fonte, o grupo explica que, entre 2010 e 2013, viu crescer o seu volume de negócios, “proveniente unicamente da sua actividade em Portugal”, de 10 para 20 milhões de euros.

A empresa é responsável pela concepção e execução da nova unidade industrial da BorgWarner, em Viana do Castelo, que arrancou em Abril passado. O grupo norte-americano que produz acessórios para a indústria automóvel “irá dispor de modernas instalações, idealizadas para permitir a implementação da nova linha produtiva com a flexibilidade necessária para fazer face às necessidades de mercado”.

Por sua vez, a Casfil terá uma unidade industrial “dedicada ao fabrico de uma nova geração de filmes flexíveis para embalagens”. “Trata-se de um projecto fundamental para a expansã odo parque industrial da Ermida, que se prevê estar finalizado em 2014”, continua o comunicado.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *