SIX, de James Irvine, integra colecção MATERIA

Por a 7 de Outubro de 2014

“A natureza intrínseca da cortiça é um óptimo ponto de partida: este material permite-nos explorar novas formas para as necessidades do quotidiano.” É desta forma que James Irvine, designer de produto britânico, se referia à cortiça. Um dos seus últimos trabalhos, desenhado pouco antes da sua morte prematura foi SIX, um objecto especialmente concebido para os aficionados e coleccionadores de vinho, que permite guardar, expor e transportar garrafas.

SIX é também a mais recente peça a chegar ao mercado com assinatura MATERIA, desde o seu lançamento em 2011. O Projeto da Corticeira Amorim, comissariado pela Experimentadesign, contempla agora 23 objectos da autoria de onze designers nacionais e internacionais.

Segundo a Corticeira Amorim, com SIX, James Irvine propõe expandir a utilização de cortiça e reforçar a ligação milenar que esta matéria-prima tem com o vinho. A ideia de criação de uma peça surgiu, segundo o próprio designer, após um excelente jantar junto ao mar, uma experiência surpreendente que combinou a magnífica gastronomia portuguesa e a degustação de incríveis vinhos do Porto Vintage. Como descreveu James Irvine: “Nessa altura comecei a pensar que estas garrafas maravilhosas precisam de ser abraçadas e transportadas com o máximo cuidado. E foi assim que surgiu a ideia de criar o SIX”.

A peça combina a suavidade da cortiça com a simplicidade de uma alça de alumínio robusto, mas elegante, propondo uma solução para transportar vinho ou bebidas espirituosas. É uma peça que pode ser utilizada para decoração, coleccionar garrafas mas também para levar vinho para casa de amigos de uma forma inesperada, descreve a mesma fonte.

Produzida com cortiça aglomerada, tem a dimensão ideal para acomodar seis garrafas, com a vantagem de absorver o impacto e, desta forma, proteger as garrafas e seus néctares.

Segundo Carlos de Jesus, director de comunicação e marketing da Corticeira Amorim, “A colecção MATERIA marca claramente uma alteração na percepção de cortiça enquanto material de excelência. O lançamento de um novo produto, do prestigiado e saudoso James Irvine, é demonstrador da enorme receptividade e apetência de designers e arquitectos pelo material que conjuga, como nenhum outro, propriedades técnicas, estéticas e sensoriais.”

Composta por objetos inéditos de cortiça para o quotidiano, que conjugam funcionalidade e personalidade, e de forte cunho autoral, a colecção MATERIA foi projectada para crescer e se adaptar gradualmente às expectativas do mercado, sublinha a Corticeira Amorim.

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *