Novos mecanismos de financiamento em discussão na Semana da Reabilitação Urbana

Por a 8 de Março de 2015

O pacote de financiamento comunitário Portugal 2020, o arrendamento, a nova lei dos solos, novos veículos de investimento e o efeito da fiscalidade, energia, turismo e comércio assim como o posicionamento da cidade de Lisboa neste movimento são alguns dos temas em destaque na segunda edição da Semana da Reabilitação Urbana, que se realizará em Lisboa entre os dias 13 e 19 de Abril.
A iniciativa, apresentada na última semana em Lisboa, promete recentrar a agenda em torno das potencialidades da reabilitação urbana, com um conjunto de iniciativas que pretendem incentivar o debate e dinamizar as vivências em torno deste movimento.
Co-organizado pela Vida Imobiliária e pela Promevi, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, “a Semana da
Reabilitação Urbana contribuirá, com toda a certeza, para a concretização de novas parcerias e de mais investimento na área da reabilitação urbana, a qual tem sido uma prioridade estratégica da cidade de Lisboa”, no entender de Jorge Catarino, director Municipal do Planeamento, Reabilitação e Gestão Urbanística da autarquia lisboeta.
Durante a Semana da Reabilitação Urbana Lisboa 2015, estão previstas diversas acções e eventos, incluindo conferências, tertúlias, workshops e exposições, passeios pedestres e de barco e ainda a entrega do III Prémio
Nacional de Reabilitação Urbana. A Sociedade de Geografia de Lisboa, na Rua das Portas de Santo Antão, será o palco das diversas iniciativas realizadas no âmbito da Semana da Reabilitação Urbana além de acolher o espaço da Reabilitação Urbana, que reunirá empresas e entidades actuantes na reabilitação urbana e que pretende ser uma área essencial de networking.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *