Schneider Electric fornece soluções para o “primeiro centro de dados positivo do mundo”

Por a 17 de Março de 2015

A Schneider Electric anunciou que está a fornecer soluções e tecnologia para o EcoDataCenter, em construção em Falun, na Suécia, com a colaboração da EcoDC AB.

No seu comunicado de imprensa, a multinacional gaulesa explica que as suas soluções para aquele que refere como o “primeiro centro de dados ambientalmente positivo do mundo”, irão contribuir para a sua eficiência energética.

Segundo a empresa francesa, um único centro de dados pode, “facilmente, consumir mais electricidade que uma típica cidade de média dimensão”, contudo, “grande parte desta energia nunca chega a ser utilizada, sendo simplesmente libertada como calor para a atmosfera, contribuindo assim para o aquecimento global e local”.

“Este desenvolvimento implica uma necessidade energética crescente, afectando, de igual modo, o ambiente a nível geral”, declarou Børge Granli, um dos fundadores da EcoDC AB, explicando que, “para além disso, é também uma fonte geradora de custos, o que requer uma nova forma de pensamento”.

Este centro de dados estará ligado ao sistema de energia local e o calor excedentário dos servidores e equipamento de TI (Tecnologias de Informação) irá aquecer os edifícios em Falun través do sistema de aquecimento do distrito. Durante o Verão, a energia excedente da central de produção de energia local servirá para alimentar as máquinas que arrefecerão o centro de dados.

A electricidade que alimenta o centro de dados advém apenas de fontes de energia renováveis, como energia solar, eólica e hídrica, bem como de biocombustíveis secundários.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *