DSTSolar conquistou mais de 4M€ em centrais fotovoltaicas em 2016

Por a 2 de Novembro de 2016

DCIM100MEDIADJI_0040.JPG

A DSTSolar anunciou a conquista de “mais de quatro milhões de euros em contratos para execução de centrais fotovoltaicas, um pouco por todo o país, “ durante este ano.

Em comunicado, a empresa do grupo DST explica que desenvolveu vários projectos realizados no âmbito do novo enquadramento legal que regula o sector do autoconsumo, que correspondem a mais 5 MW de potência instalada, “alguns dos quais com poupança energética a rondar os 40%, o que permite reduzir de forma significativa os custos operacionais das empresas e, consequentemente, gera um aumento de competitividade”.

Do portfólio de clientes, a DSTSolar destaca as empresas da inústria têxtil, “quer na área da confecção, quer na tintura e acabamentos”, sector da metalomecânica e da hidráulica, unidades fabris da indústria do calçado e dos moldes, assim como a área do imobiliário.

De acordo com o comunicado de imprensa, O Feliz, Polopique, Carvitin, Woodone, Aviário do Resouro, Intermolde, Solart e Equidráulica são algumas das empresas que apostaram recentemente em equipar as suas unidades industriais “com aquela que já é a terceira mais importante fonte de energia renovável em termos de capacidade instalada a nível mundial”.

A empresa sublinha que Portugal é um dos países da Europa com maior número de horas de luz solar por ano – possui entre 2.200 e 3 mil horas – e, por isso, apresenta “um enorme potencial na área das energias renováveis e, em particular, da energia solar fotovoltaica”.

Para José Teixeira, presidente do conselho de administração do Grupo DST, “estes projectos confirmam a DSTSolar como uma das principais empresas a operar no mercado nacional, como resultado de uma aposta do grupo, há muitos anos, na economia do ambiente, assente em desenvolvimento sustentável e num futuro mais ecológico e económico”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *