Novo edifício da GS1 Portugal combina arquitectura arrojada com a criatividade de Vhils

Por a 7 de Novembro de 2016

gs1 portugal

A nova sede e Centro de Inovação e Competitividade da GS1 Portugal, associação responsável pela introdução do sistema de código de barras no nosso país, já está finalizado. Localizado no Campus do Lumiar, o renovado edifício distingue-se pela “arquitectura arrojada, com uma fachada onde, de forma dinâmica e a envolver todo o imóvel, se sobrepõem facetas em betão pré-fabricado que revelam uma composição artística assinada por Vhils”, explica a Tétris, empresa do grupo JLL para a área de arquitectura e construção, que deu vida ao projecto do arquitecto Pedro Appleton, do atelier Promontório.

O edifício com uma área total de aproximadamente 1.800 m2 sofreu uma intervenção profunda ao nível dos espaços interiores e exteriores, com o objectivo de fazer convergir uma nova arquitectura com elementos artísticos, ao mesmo tempo que integra padrões tecnológicos e de eficiência ocupacional de última geração.

Esta convergência foi, de acordo com João Marques, Director da Tétris, “um dos principais desafios na execução dos trabalhos de construção deste projecto. O objectivo central era, com critérios muito rigorosos em termos de custos e de prazos de execução de obra, darmos vida a um projecto completamente diferenciador e audaz, onde a tecnologia é uma parte muito importante. Além disso, uma obra com esta dimensão e complexidade exigiu muita dedicação e uma enorme capacidade de execução por parte da nossa equipa ao longo de 9 meses ”, revela.

Para o Director-Executivo da GS1 Portugal, João de Castro Guimarães, “a nossa nova casa, o Centro de Inovação e Competitividade, é um local onde vai ser possível assistir ‘ao vivo’ aos standards globais – e a concretização de um dos objectivos estratégicos do mandato da actual Direcção. Sendo o resultado de um projecto inovador e disruptivo, que tem a particularidade de ser revestido por uma obra icónica do Vhils, acreditamos que é já um edifício que celebra a eficiência, a excelência e a colaboração nos negócios, mas também a arte e a relação com as comunidades envolventes. O Centro de Inovação e Competitividade é também icónico do futuro que aspiramos: sermos um trusted advisor que promove a competitividade das redes de valor com soluções, standards e conhecimento eficientes e sustentáveis e de valor para o consumidor.”

A Tétris explica que, os trabalhos de construção e renovação do edifício K3 do Campus do Lumiar, em Lisboa, tiveram a duração de 9 meses, resultando num imóvel que conjuga, em três pisos, os espaços de trabalho com as áreas destinadas ao desenvolvimento da empresa em termos de inovação e de competitividade, e ainda zonas que convidam a experienciar ao vivo os Standards GS1. Envolvida por placas de betão armado que exibem uma intervenção artística assinada pelo famoso artista Alexandre Farto, aka Vhils, a nova sede da GS1 Portugal abre-se aos seus visitantes e utentes com um piso térreo onde se encontra uma área expositiva e interactiva – o Centro de Inovação e Competitividade -, complementada por um auditório, além da zona de recepção. Já o piso 1 acolhe toda área de escritórios e zonas de trabalho da empresa, que passa a sedear-se neste edifício, onde está ainda disponível uma área multifuncional a ocupar todo o piso 2.

A GS1 Portugal opera no nosso país há cerca de 30 anos, sendo especializada na criação e implementação de standards globais e serviços de gestão de dados comerciais, de que é exemplo o código de barras.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *