Electricidade dos Açores vai ampliar Central Térmica do Belo Jardim

Por a 10 de Janeiro de 2017

AUTONOMIA-BANDEIRA-ACORESO investimento já tinha sido revelado em finais do ano passado mas só agora conhece desenvolvimentos. A Electricidade dos Açores acaba de lançar o concurso público que vai definir a empresa responsável pelos trabalhos de ampliação da Central Térmica do Belo Jardim, um investimento de 14 milhões de euros, um contrato que se estima que esteja concluído no prazo de dois anos.
Trata-se, segundo adiantam as autoridades açorianas, de mais um investimento em prol da consolidação da política energética do Executivo e para que, no ano de 2019, se atinjam os valores de penetração de energias renováveis, conforme preconizado pelas orientações emanadas do Governo, na ordem dos 56% do total da produção eléctrica nos Açores.
Em rigor, todo o complexo da Central Térmica de Belo Jardim está a ser reestruturado e o novo concurso contempla a instalação do novo grupo térmico de 9 MW, tendo ainda sido adquirido recentemente um novo armazém junto à Central de Belo Jardim, no valor de 390 mil euros.
O secretário regional das Energias, Vítor Fraga, garante que o esforço realizado pela Região para implementar, nas várias ilhas, sistemas produtores de electricidade através de energias renováveis, resultando numa penetração deste tipo de energia já representa mais do dobro do previsto para o contexto da União Europeia.
“Mais do que meros dados estatísticos, estes números provam um esforço continuo com resultados e benefícios aos mais variados níveis, desde logo, na componente ambiental, mas também tornando os Açores mais autónomos na área energética”, afirmou Vítor Fraga, “com efeitos significativos no reforço da competitividade económica e, por essa via, na criação de condições para criar mais e melhor emprego”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *