Consórcio Alberto Couto Alves e M. Couto Alves constrói Escola Básica das Taipas por 7,9M€

Por a 16 de Fevereiro de 2017

escola_eb_2_3_taipasO consórcio composto pela Alberto Couto Alves e pela M. Couto Alves foi ratificado como tendo apresentado a melhor proposta para os trabalhos de construção da escola básica 2,3 das Taipas, um investimento estimado em 7,9 milhões de euros.
A decisão, votada em reunião da Câmara de Guimarães, entrega assim ao agrupamento esta intervenção que estava inicialmente estimada em 8,9 milhões de euros e que contempla a demolição das actuais estruturas para dar lugar a um novo edifício.
“É um valor muito avultado”, referiu o autarca Domingos Bragança sublinhando que se trata de “uma escola nova, porque a dotação financeira que teve foi para um remendo. Nunca concordei com o remendo a colocar sobre alicerces degradados. Entendi, lutei e continuo a lutar para que a obra tenha o co-financiamento devido, mas que seja uma escola nova”.
Quanto ao financiamento, Domingos Bragança assume que espera que o investimento seja repartido em três partes iguais, a distribuir pelo Município, pelo Governo e pelos Fundos Comunitários. “É esse o trabalho que estou a fazer e não desistirei de que a escola seja financiada assim, mas até poderá acontecer que na reprogramação dos fundos comunitários tenhamos 85 por cento de financiamento”, perspectivou. O presidente da Câmara anunciou que a obra deverá começar no início das férias escolares, prevendo-se que esteja concluída em Abril de 2018.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *