Quadrante e Procesl projectam cidade de 80 mil habitantes na Argélia

Por a 20 de Março de 2017

Hassi MessaoudA Quadrante e a sua subsidiária Procesl são as empresas eresponsáveis pelo projecto que está “na base da criação da nova cidade de Hassi Messaoud, na Argélia”, em pleno deserto.

Em comunicado de imprensa, o Grupo Quadrante explica que esta cidade, localizada na zona de Ouargla, no sudeste do país, perto da fronteira com a Líbia, terá uma área total de cerca de 2 mil hectares (“mais ou menos a área correspondente a 2 mil campos de futebol) e uma ocupação prevista de 80 mil habitantes.

Segundo a nota, este trabalho teve como propósito “conceber e projectar todas as necessidades de infra-estruturas vitais para o nascimento deste novo centro urbano”, que inclui ainda uma plataforma logística. Estes dois elementos irão, em conjunto, constituir “a base de apoio” das actividades deste “importante pólo de exploração petrolífera existente na região” e promover o seu desenvolvimento sustentado.

A Quadrante sublinha ainda que esta região constitui uma área sensível e sujeita a riscos geológicos e ambientais que têm colocado em causa “o equilíbrio natural e o bem-estar e qualidade de vida das populações”.

O grupo português é responsável pelo desenvolvimento de todos os estudos e projectos das infra-estruturas da nova cidade, que incluem a modelação do terreno para a implantação das vias rodoviárias e dos edifícios, das redes viárias, dos sistemasde captação, tratamento, abastecimento e distribuição de água potável, dos sistemas de esgotos domésticos e condução a tratamento, dos sistemas de drenagem das águas pluviais e dos sistemas de rega.

Segundo o Grupo Quadrante, este estudo, “pelas características especiais da área geográfica em que se insere, típica de deserto”, envolve particularidades “muito importantes”, associadas a grande amplitude climática e à concepção de soluções verdadeiramente adaptadas à cultura árabe, o que leva à utilização de materiais “fundamentalmente locais”.

Para Carlos Jorge, “este projecto tem como intuito criar uma infra-estrutura determinante para esta zona do globo”. “Para a nossa empresa são desafios com esta dimensão que procurarmos para nos sentirmos realizados na nossa área de actuação e prontos para demonstrar aos vários mercados, nacionais e internacionais, todas as nossas capacidades”, concluiu o administrador da Procesl.

A construção da nova cidade de Hassi Messaoud está sob a responsabilidade do grupo Cosider Travaux Publics, que constrói e opera empreendimentos de grande dimensões em solo argelino.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *