Governo de Timor lança construção do novo Porto de Tibar

Por a 16 de Junho de 2017

xanana gusmão timorO Governo timorense e responsáveis de um consórcio liderado pela francesa Bolloré lançaram esta quarta-feira a construção do Porto de Tibar, a oeste da capital, um dos maiores projectos e a primeira parceria público-privada do país. Xanana Gusmão, ministro do Planeamento e Investimento Estratégico, destacou a importância do investimento privado no desenvolvimento de Timor-Leste, defendendo a opção do modelo público-privado. O arranque do projecto, avaliado em mais de 400 milhões de dólares (354,8 milhões de euros), ocorre mais de um ano depois de o Governo e o consórcio liderado pelo Bolloré terem assinado o contrato que engloba o desenho, construção e operação do Porto de Tibar.
Envolvendo a construção da maior infraestrutura de transportes do país, o projecto representa o maior investimento privado de sempre e a primeira parceria público-privada (PPP), num investimento inicial de 278,3 milhões de dólares (246,9 milhões de euros) e que criará mais de mil empregos.
O projecto inclui o desenho, financiamento, construção e operação de um novo porto em Tibar, estimando-se que as obras comecem no próximo ano e estejam concluídas em 2020. A Bolloré prevê criar 500 empregos durante a construção, 350 nos primeiros quatro anos de operação e mais 150 posteriormente, com prioridade a ser dada para cidadãos timorenses.
Localizado a cerca de 10 quilómetros a oeste de Díli, na baía de Tibar, o projecto contou com a participação da International Finance Corporation (IFC), o braço privado do Banco Mundial, que foi conselheiro na criação do modelo de PPP.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *