Royal HaskoningDHV implementa tecnologia Nereda pela sétima vez no Brasil

Por a 23 de Junho de 2017

200_etar-de-vila-real.JPGA Royal HaskoningDHV anunciou que o seu sistema Nereda voltou a ser seleccionado para uma estação de tratamento de águas residuais (ETAR) no Brasil. Em comunicado no seu website, a consultora holandesa de engenharia revela que a nova ETAR será construída em Tijuco Preto, Sumaré, no estado de São Paulo.

Na nota, o grupo sublinha que este será o sétimo projecto com esta tecnologia no país e aponta a sua conclusão para o final de 2019, cabendo a sua operação à BRK Ambiental. Esta central terá um fluxo diário de 19.900 metros cúbicos, com um pico de 1.492 metros cúbicos por hora.

“A nova central em Tijuco Preto impedirá que as águas sanitárias domésticas não tratadas sejam despejadas no ambiente e, neste sentido, será um passo importante para a consolidação do saneamento eficaz no Brasil”, afirmou João Almeida, responsável da Royal HaskoningDHV. Segundo Almeida, esta tecnologia, “com resultados já demonstrados”, tem confirmado ser “a solução ideal para o tratamento de águas residuais, não apenas em termos de custo e eficiência, mas também de sustentabilidade”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *