“Um dos segredos do nosso sucesso está relacionado com o investimento contínuo em Inovação”

Por a 25 de Julho de 2017

Fruto da sua evolução, globalização e reconhecimento internacional, a Oliveira & Irmão mudou de nome para OLI – Sistemas Sanitários. A exportar actualmente 80% da sua produção, a empresa diz que o sucesso está no investimento feito em inovação.

A actual mudança de nome, reflecte a evolução da empresa, a sua globalização e o facto de exportar 80% da sua produção. Qual o segredo do sucesso?

António Oliveira: Sim, a mudança de nome da empresa-mãe é uma consequência natural da OLI ser, actualmente, uma marca implementada e reconhecida em todo o mundo. Um dos segredos do nosso sucesso está relacionado com o investimento contínuo em Inovação. Nos últimos cinco anos, o investimento em Investigação e Desenvolvimento (I&D) fixou-se em 10 milhões de euros. Diariamente, temos uma equipa de 20 colaboradores que se dedica inteiramente à I&D, trabalhando em parceria com universidades e centros de investigação. Actualmente, temos 40 patentes activas na Europa e, nos últimos três anos, surgimos no “top 3” das empresas em Portugal que mais patenteiam na Europa. Esta estratégia tem o objectivo claro de consolidar o posicionamento da OLI em mercados internacionais exigentes e permitir a entrada em novos países, através da oferta de soluções de banho hidricamente sustentáveis e inclusivas.

Que análise faz ao mercado nacional e internacional actualmente?

O mercado nacional está a dar sinais claros de retoma, através da reabilitação urbana, da renovação hoteleira e do surgimento de novos investimentos industriais. O mercado internacional tem vários e diferentes ritmos. A recuperação da Europa ainda é ‘ténue’, as tensões sociopolíticas no Médio-Oriente e no norte de África têm tornado estas geografias instáveis e vulneráveis.

De futuro, que outros mercados são apetecíveis para a OLI?

A OLI tem como objetivo aumentar a quota de mercado no continente americano e desenvolver, de forma sustentada, novos negócios na Ásia.

Que estratégias têm definidas para continuarem a crescer?

A nossa estratégia continuará focada no desenvolvimento de soluções e produtos inovadores, na melhoria do posicionamento da marca OLI e na internacionalização, apostando, cada vez mais, em mercados que valorizem a inovação, a sustentabilidade hídrica e o design.

Qual o balanço do 1º semestre e que expectativas têm para o fecho do ano?

O primeiro semestre de 2017 foi positivo. Registámos um crescimento global de 10%, face ao mesmo período de 2016. Em Portugal, aumentámos 16%, na Europa 8%, na América 60%, em África 10%. Prevemos encerrar o ano com um volume de negócios de 54 milhões de euros, mais 10%, em relação ao ano passado.

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *