Câmara de Vila Nova de Famalicão assume construção de ligação à Zona Industrial de Lousado

Por a 8 de Setembro de 2017

A Câmara de Vila Nova de Famalicão e a Infraestruturas de Portugal assinaram um acordo que vai permitir à autarquia assumir a empreitada de construção da ligação entre a Estrada Nacional 14 e a Zona Industrial de Lousado, um investimento estimado em dois milhões de euros.
Segundo revela a autarquia, trata-se de um importante passo “para a resolução do problema com o estrangulamento da Estrada Nacional 14”. Trata-se de uma intervenção que surge no contexto da obra lançada para concurso público pela administração central em Julho último para uma intervenção de duplicação e beneficiação da Estrada Nacional 14, entre a rotunda sul da Variante Nascente a Famalicão e o lugar de Santana, em Ribeirão
Do acordo estabelecido faz parte o projecto, a aquisição de terrenos e o lançamento da empreitada, “suportando os encargos decorrentes da iluminação pública”. Já o IP assume a responsabilidade pela construção da rotunda de Santana que fará a ligação entre a EN e a nova artéria a construir pelo município, num investimento estimado de 600 mil euros. A obra deverá estar concluída até ao final de 2019.
Na sequência deste acordo, a Câmara Municipal fica livre da comparticipação de 500 mil euros que se tinha comprometido para a empreitada de alargamento da Estrada Nacional 14 sendo agora os custos com a construção, na ordem dos 5 milhões de euros, integralmente assumidos pelo IP. O município mantém contudo nesta obra a responsabilidade com a implantação e reforço da iluminação pública na via e com a elaboração dos projecto e respectivo estudo de impacto ambiental.

Um comentário

  1. Sousa Alves

    11 de Setembro de 2017 at 9:14

    Um “projecto de interesse municipal” relevante e que coloca a municipalidade na senda de um apoio expressivo e efectivo ao desenvolvimento das Actividades Económicas no “Norte Geresiano”.
    Na verdade,a Continental Mabor assume “DE FACTO” uma parcela expressiva das EXPORTAÇÕES NACIONAIS e para as quais o Município Famalicense sempre foi e continua como actor qualificado.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *