Exposição inaugural da Casa da Arquitectura reflecte sobre o poder na arquitectura

Por a 19 de Setembro de 2017

“Poder Arquitectura” é a exposição inaugural da Casa da Arquitectura, que abre ao público as novas  instalações, no renovado Quarteirão da Real Vinícola em Matosinhos, nos dias 17, 18 e 19 de Novembro. Comissariada pelos arquitectos Jorge Carvalho, Pedro Bandeira e Ricardo Carvalho, a exposição vai ocupar os cerca de 800 metros quadrados da Nave Expositiva com uma proposta de reflexão em torno de “oito poderes que se alinham, inflectem e divergem entre si”.

Para os comissários, “o poder na arquitectura é um tema fundamental para questionar o modo como a sociedade contemporânea e a arquitectura trabalham em conjunto”. E prosseguem: ” A Arquitectura não é apenas a expressão de um único poder. Reflecte e trabalha a partir de vários poderes. Decidimos por isso isolar aqueles que parecem clarificar esta cartografia complexa. Deste modo surge o poder colectivo, o regulador, tecnológico, económico, doméstico, cultural, mediático e o ritual. No lastro longo da relação entre homem e natureza, cultura e tecnologia estes poderes desempenharam forças de intensidade variável na produção de artefactos arquitectónicos e no desenho da cidade e do território. Hoje, face a uma importância polí­tica que desculpa e valida decisões que lesam a coisa pública e o significado das comunidades, parece haver lugar para uma nova reflexão sobre o poder”, lê-se no texto de abertura do livro que acompanha a Exposição, uma coedição da Casa da Arquitectura e da editora suíça Lars Müller.

Aberta ao público de 18 de Novembro de 2017 a 18 de Março de 2018 , “Poder Arquitectura” reúne fotografias, maquetas, livros, desenhos, ví­deos, revistas, postais e outros materiais em torno de uma centena de projectos de arquitectura construí­dos à volta do mundo.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *