Câmara de Castro Marim candidata construção do sistema de rega da Várzea de Odeleite a fundos comunitários

Por a 20 de Setembro de 2017

O Município de Castro Marim apresentou uma candidatura para obtenção de fundo comunitário para a construção do sistema da rede de rega da Várzea de Odeleite, no âmbito da medida 3.4.1 “Desenvolvimento do regadio eficiente”, do programa PDR2020, uma obra que vem sendo reclamada pela população há quase duas décadas.
A Barragem de Odeleite, inaugurada em 1997, depois de anos de construção, destinar-se-ia ao abastecimento de água para consumo humano, função que sobejamente tem assumido nestas décadas, e para sistemas de rega.
Dela depende o Aproveitamento Hidroagrícola do Sotavento Algarvio, que beneficia uma área de cerca de 8.600 hectares de terrenos agrícolas, dos concelhos de Castro Marim, Tavira, Vila Real de Santo António e Olhão, mas paradoxalmente não integra os terrenos a jusante da ribeira.
Desde então que Odeleite, aldeia que, segundo o município, “persiste, resiste e encanta, na sombra do monstruoso paredão”, ambiciona a execução de um sistema de rega que beneficie os terrenos na margem da ribeira a jusante.
O processo de candidatura iniciou-se em Março deste ano, numa estreita parceria entre a Direcção Regional de Agricultura, a Cooperativa Agrícola e de Rega de Odeleite, e a DGRADR -Direcção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural, assumindo-se o Município de Castro Marim, por impossibilidade dos demais reunirem condições mínimas para a sua concretização e operacionalização.
A área total a beneficiar pelo sistema será de aproximadamente 132 hectares, de acordo com o delimitado pelas entidades competentes, situando-se a jusante da Barragem e desenvolvendo-se ao longo da Ribeira de Odeleite. A construção da rede de rega permitirá dar resposta a um antigo desejo da população desde a construção da barragem de Odeleite nos anos 90, e melhorar as condições de produção dos agricultores daquela área, permitindo inclusivamente a diversificação de culturas.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *