Cadeias hoteleiras internacionais com crescente interesse em Portugal

Por a 21 de Setembro de 2017

O primeiro semestre de 2017 registou a inauguração de 19 novas unidades hoteleiras, reforçando a tendência positiva face ao período homólogo de 2016, com as dormidas e o número de hóspedes a apresentarem variações positivas, com um aumento de 11.6% e 13.4%, respectivamente.
Para o segundo semestre, está também prevista a abertura de mais 21 unidades. “Este é um comportamento desencadeado pela tendência de procura elevada e interesse no produto turístico nacional”, de acordo com o departamento de Research & Consulting da Worx.
O relatório da consultora identifica ainda que a oferta hoteleira deverá continuar a estar maioritariamente concentrada nas tipologias de pequena / média dimensão, em que o factor diferenciação deverá estar na lista de prioridades, e dirigido para segmentos nicho com qualidade elevada e serviço personalizado.
Em termos do número de hóspedes, o primeiro semestre de 2017 terminou com um número de 9.35 milhões, e apesar do mercado nacional demonstrar resultados bastante satisfatórios, ao crescer 4,4% face ao primeiro semestre de 2016, o mercado internacional com 74% continua a ser claramente o líder, com o Reino Unido, Alemanha, França e Espanha a assumirem conjuntamente 41%, como os principais mercados emissores.
“Seja com vista à optimização das suas operações, à concretização de uma transacção ou ao desenvolvimento de planos de expansão, os activos hoteleiros em território nacional estão no radar dos investidores nacionais e internacionais”, destaca a consultora.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *