Câmara de Bragança entrega desenho do Museu da Língua a Joaquim Portela

Por a 18 de Outubro de 2017

O arquitecto portuense Joaquim Portela deverá mesmo ser o escolhido para assinar o projecto da criação do Museu da Língua, em Bragança.
A garantia é dada pelo próprio presidente da autarquia que assegura que até final do ano estará concluído o projecto de execução, a tempo da candidatura da obra ao financiamento com recurso a fundos comunitários. Hernâni Dias assegura que falta resolver a questão da propriedade dos silos onde irá ser instalado aquele que foi anunciado como o maior investimento dos últimos anos em Bragança, 6,5 milhões de euros, mas garante que o processo respeitante à escolha do gabinete de arquitectura que assina o projecto está juridicamente assegurado.
O autarca revela que o projecto será entregue, apesar da reclamações, ao segundo classificado no concurso de Maio, a “Joaquim Portela Arquitectos”, depois de o júri ter desclassificado vários concorrentes, incluindo a que ficou em primeiro lugar, a “ARC Arquitectos”.
“Nós estamos com este projecto numa fase em que houve alguns problemas com o cumprimento do anonimato dos próprios concorrentes, que foi necessário resolver com ajuda jurídica”, diz Hernâni Dias, citado pelo Diário de Notícias.
Apesar de o vencedor, que receberá um prémio de 25 mil euros e 300 mil euros pela adjudicação, ter dois meses para elaborar o projeto de execução necessário para formalizar a candidatura, o autarca afirmou que a mesma será entregue dentro do prazo, até 30 de dezembro.
O não cumprimento deste prazo pode implicar a reprogramação financeira ou mesmo a perda do financiamento comunitário dos 6,5 milhões de euros.
A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) informou, há pouco mais de um mês, que já notificou o município de que entrou em incumprimento e para justificar o atraso no pedido do primeiro pagamento das verbas que, segundo as regras, deve ser feito seis meses depois da assinatura do chamado “termo de aceitação”, oficializado em Junho de 2016

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *