Escritórios superam os 110.000 m2 em Setembro

Por a 19 de Outubro de 2017

Em Setembro, a área contratada foi 197% superior ao registado no mês homólogo do ano anterior, com 22.762 m2 face a 7.670 m2. Desta forma, entre Janeiro e Setembro de 2017, o mercado teve um desempenho 16% acima de 2016, com 113.471 m2 face aos 97.515 m2.
Nos primeiros nove meses do ano, foram registadas 199 operações, correspondendo a mais 51 transacções do que em igual período do ano anterior. O maior número de operações verificou-se no Corredor Oeste (Zona 6), com 34% das transacções ocorridas. No extremo oposto, encontramos o Parque das Nações (Zona 5) e a Zona Secundária (Zona 4), com onze operações cada.
Apesar das estimativas com base em dados históricos apresentarem valores na ordem dos 160.000 m2, para Paulo Silva, Managing Director da Aguirre Newman Portugal, “o ano de 2017 terminará com um alcance de área contratada na vizinhança dos 150.000 m2, estando este valor em linha com o previsto no início do ano”. A falta de escritórios de qualidade nas zonas mais procuradas apresenta-se uma vez mais como o principal factor que tem vindo a limitar a área de absorção de escritórios.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *