Europa do Leste com condições mais favoráveis para empréstimos

Por a 19 de Outubro de 2017

Os mercados da Europa do Leste, nomeadamente de Budapeste, Bucareste e Varsóvia, juntamente com os de Milão e Oslo, oferecem as condições mais favoráveis tanto para credores como para devedores, de acordo com o mais recente estudo da consultora imobiliária mundial CBRE.
Além de Budapeste e Bucareste, capitais no Leste europeu, também Dublin, Lisboa e Londres foram consideradas como das mais favoráveis para as entidades financeiras, mas menos pontuadas no que toca a devedores, sendo Londres considerada a cidade menos favorável para este tipo de transacções.
Esta análise focou a força do mercado subjacente (determinada pelos retornos projectados) em cada um dos 20 mercados analisados, relativamente a métricas especificas que representam o grau de favorabilidade dos termos do empréstimo. Para os credores, tal inclui o rendimento da propriedade (yield) deduzido do custo total da dívida, com o rendimento da dívida. Para os devedores foi considerada a diferença entre o rendimento da propriedade e o custo total da dívida como proporção do rendimento da propriedade.
Mercados na Europa Ocidental como os de Bruxelas, Copenhaga, Viena, Paris e Zurique foram considerados como desfavoráveis tanto para credores como para devedores.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *