Governo destina 130M€ à recuperação de casas e empresas destruídas pelos incêndios

Por a 22 de Outubro de 2017

Governo,em parceira com as autarquias atingidas pelos incêndios, vai disponibilizar 30 milhões de euros para a reconstrução de primeiras habitações destruídas e 100 milhões de euros para a reparação de empresas. Os apoios foram anunciados pelo ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, a meio do Conselho de Ministros extraordinário dedicado aos incêndios florestais.
Nos programas para a habitação, em primeira instância serão sempre accionados os seguros, entrando o Estado sempre que este mecanismo não seja possível. De acordo com uma estimativa provisória avançada pelo titular das pastas do Planeamento e das Infraestruturas, poderão estar em causa 500 casas de primeira habitação destruídas total ou parcialmente e cerca de 300 empresas.
“Tal como nas habitações, tudo isto se fará sempre no pressuposto de que primeiro entram os seguros das empresas para a recuperação da sua actividade”, disse.
O Governo decidiu ainda criar um novo sistema de incentivos ao investimento nas regiões afectadas pelos incêndios, que envolverá “50 milhões de euros de fundos comunitários, que permitirão apoiar 100 milhões de euros de novos investimentos”, medida será complementada por um sistema de crédito fiscal ao investimento.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *