Investimento imobiliário já ultrapassou o total de 2016

Por a 26 de Outubro de 2017

O investimento imobiliário no sector comercial em Portugal ultrapassou já em Outubro o volume registado em todo o ano de 2016. De acordo com a consultora Cushman & Wakefield, a dinâmica do mercado de investimento nacional ao longo deste ano foi gerada pelos investidores internacionais, cujo interesse no mercado imobiliário português se confirmou e acentuou ao longo de 2017.
O fluxo crescente de capitais alocados ao sector imobiliário numa escala mundial, que tem vindo a pressionar o mercado com níveis recorde de liquidez, associado à excelente relação qualidade/preço dos activos em Portugal são alguns dos factores que motivam o investimento no nosso país.
Entre Janeiro e Outubro de 2017 foram transaccionados perto de 1.500 milhões de euros em investimento imobiliário comercial em Portugal, distribuídos por quase 40 negócios de investimento e com um peso de capital estrangeiro que ultrapassa os 80%.
Este valor é já superior em 15% ao volume transaccionado em 2016, na ordem dos 1.300 milhões de euros e que representava o segundo valor mais alto de que existe registo em Portugal.
A distribuição dos capitais pelos diferentes sectores do imobiliário foi influenciada pelo maior negócio até à data, a aquisição do portfólio de logística da Blackstone pelos chineses da CIC, conferindo mais de 20% de alocação de investimento ao sector industrial. O capital remanescente foi destinado na quase totalidade a activos de retalho (40%) e de escritórios (37%), a alocação ao sector hoteleiro foi residual, na ordem dos 2%.
Tendo em conta as operações actualmente em fase avançada de negociação, a estimativa da Cushman & Wakefield para o volume de investimento nos 12 meses do ano ultrapassa os 2 mil milhões de euros, representando um crescimento face a 2016 superior a 60%.

Um comentário

  1. Elizete Duarte Braga

    26 de Outubro de 2017 at 10:51

    Excelente.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *