Galp atrai empresas portuguesas para investirem em Moçambique

Por a 8 de Novembro de 2017

A Galp e a Eni, sob a égide da AICEP, apresentaram em Maputo, a 120 empresas de capital português, oportunidades de negócio associadas aos grandes projectos de exploração de gás natural que se encontram em fase de arranque no norte do País, e que serão um dos maiores investimentos dos próximos anos em todo o continente africano.
O evento, designado “Rede de Fornecedores”, destinou-se a mostrar Moçambique como um país de múltiplas oportunidades de investimento e com grandes perspectivas de crescimento de longo prazo,promovendo o crescimento das empresas portuguesas que já operem ou que venham a operar no país.
A Eni apresentou os procedimentos de procurement e as condições de acesso de fornecedores ao projecto, tendo sido a apresentação das oportunidades associadas ao desenvolvimento da rede de distribuição de produtos petrolíferos em Moçambique da responsabilidade da Galp Moçambique. Dada a diversidade de oportunidades existentes, marcaram presença empresas de vários sectores de actividade, como a formação, construção civil, equipamentos marítimos, consultoria de engenharia, metalúrgica, metalomecânica, fornecimento de equipamentos e consumíveis, e diversos serviços de apoio.
A Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Teresa Ribeiro, e a Embaixadora de Portugal em Moçambique, Maria Amélia Paiva, estiveram presentes no evento. Para a Galp, o desenvolvimento de relações comerciais e de parcerias com fornecedores de bens ou de serviços que assegurem o cumprimento de condições comerciais e técnicas, mas também a legislação existente nos países onde opera, é vital para a execução dos ambiciosos projectos em que está envolvida.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *