Nuno Brandão Costa lança livro na Bienal de Chicago

Por a 13 de Novembro de 2017

A editora Monade e o arquitecto Nuno Brandão Costa participam na Bienal de Arquitectura de Chicago com o lançamento da obra “Porosis / The Architecture of Nuno Brandão Costa”. O lançamento será no “Room for Books” (Reto Geiser) e contará com a presença dos directores da Bienal – Sharon Johnston e Mark Lee (Johnston Marklee Architects) -, para uma conversa com os editores (Daniela Sá e João Carmo Simões) e o arquitecto Nuno Brandão Costa.

POROSIS propõe uma “leitura sobre a obra da nova figura da Escola do Porto, depois de Eduardo Souto Moura e Álvaro Siza. A singularidade do trabalho do arquitecto Nuno Brandão Costa revela-se numa atenção muito particular à plasticidade dos elementos primários da construção. Através de novos materiais e técnicas, a sua obra parece atingir a clareza da arquitectura tradicional portuguesa”, pode ler-se no sítio da Internet da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FAUP).

Como refere a Monade, “ao longo de alguns meses, André Cepeda fotografou um conjunto extenso de obras de Nuno Brandão Costa, de entre as mais antigas às em construção. Não sendo uma viagem estritamente documental, este livro é um testemunho da arquitectura portuguesa contemporânea, através da surpreendente obra deste arquitecto. As imagens, de um dos mais reconhecidos fotógrafos portugueses, desafiam os próprios limites de uma monografia de arquitectura”.

O livro conta com imagens de André Cepeda e introdução de José Miguel Rodrigues.

A FAUP é uma das entidades parceiras desta publicação em conjunto com a Chicago Architecture Biennial, Graham Foundation Bookshop e República Portuguesa – 
Cultura / Direcção-Geral das Artes.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *