Elevador de Santa Justa “renova identidade”

Por a 14 de Novembro de 2017

Foram dadas por concluídas as intervenções no processo de restauro e melhoramento dos acessos ao nível do piso térreo do Elevador de Santa Justa. O projecto esteve a cargo do arquitecto Miguel Arruda.

No ano em que celebra 115 anos, um dos ex-líbris de Lisboa renova a sua identidade, melhorando a sua imagem, recuperando as infra-estruturas e a funcionalidade dos espaços existentes, e dando assim melhores condições de utilização aos milhares de visitantes que dele usufruem e que actualmente são cerca de um milhão por ano.

De acordo com a Carristur, as intervenções compreenderam” um conjunto de acções na estrutura, com o objectivo que esta obra de arte readquirisse a sua forma e desenho original. As intervenções realizaram-se ao nível dos tectos, dos revestimentos, da reparação dos elementos metálicos, da recuperação e/ou substituição das peças ornamentais deterioradas, entre outras. O espaço manteve a sua singularidade e ganhou maior luminosidade e profundidade. Estas alterações permitiram ainda a criação de um espaço comercial”.

Recorde-se que, o Elevador de Santa Justa já tinha sido alvo de obras de reabilitação da estrutura, que decorreram entre 2009 e 2016, por várias fases, e que tiveram como finalidade a preservação e melhoria das condições de segurança do monumento.

Classificado em 2002 como Monumento Nacional, o Elevador de Santa Justa é uma obra arquitectónica de ferro única, repleta de arcos  neogóticos,  e está no top dos monumentos mais visitados e fotografados da cidade de Lisboa, entre outras razões, por oferecer uma vista de 360 graus no topo.

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *