Energia eólica produz mais de 1/5 do consumo eléctrico na UE

Por a 28 de Dezembro de 2017

De 23 a 26 de Dezembro, mais de 1/5 do consumo eléctrico na União Europeia (UE) foi abastecido pela produção eólica, que atingiu um novo máximo histórico, de acordo com os dados mais recentes fornecidos pela Associação Europeia de Energia Eólica (WindEurope) e agora divulgados pela Associação de Energias Renováveis (APREN).
Segundo a WindEurope, a electricidade eólica produzida naquele período foi suficiente para abastecer 21 % do consumo médio diário da UE (cerca de 2150 GWh), o que equivale a cerca de 17 vezes o consumo de Portugal. Esta produção permitiu alimentar o equivalente a 218 milhões de habitações, ou 77 % das necessidades da indústria europeia.
Estes dados reforçam o papel da energia eólica no abastecimento fiável e seguro das necessidades elétricas dos vários estados europeus. Estima-se que, em 2017, a potência eólica instalada na UE tenha aumentado perto de 9 % (14 GW), em relação a 2016, atingindo actualmente 165 GW.
Até 2020 prevê-se que, a nível europeu, as centrais eólicas onshore e offshore, sejam a tecnologia renovável com o maior acréscimo de potência (50 GW), seguido das centrais fotovoltaicas, (35 GW).
Em Portugal, as centrais eólicas produzem anualmente perto de 1/4 das necessidades eléctricas nacionais, o que permite reduzir as importações de combustíveis fósseis em mais de 350 milhões de euros por ano.
Adicionalmente, é importante destacar que o sector eólico nacional permitiu criar um cluster industrial responsável por mais de 22 mil empregos (directos e indirectos) e por uma exportação de equipamentos que ascende a quase 400 milhões de euros por ano.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *