Unidade do Baixo Alentejo investe 3,3M€ em unidades de saúde

Por a 11 de Janeiro de 2018

A Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) vai investir este ano 3,3 milhões de euros em obras, como a construção do novo Centro de Saúde de Vidigueira, e equipamentos para o hospital de Beja.
Trata-se de quatro obras e do projecto de compra de novos equipamentos para o hospital de Beja, que vão implicar um investimento total de 3,3 milhões euros e já foram aprovados para serem co-financiados por fundos comunitários, refere a ULSBA, num comunicado a que o CONSTRUIR teve acesso. O maior investimento previsto, de 1,7 milhões de euros, vai para a construção do novo Centro de Saúde de Vidigueira e será co-financiado em 85% por fundos comunitários e 15% por verbas da ULSBA, indica a instituição, referindo que vai lançar “muito em breve” o concurso público internacional para adjudicar a obra.
O segundo maior investimento, de 1,1 milhões de euros, destina-se ao projecto de substituição e modernização de equipamentos para realização de exames de diagnóstico pela imagem no Serviço de Imagiologia do hospital de Beja.
Através do projecto, que será cofinanciado em 85% por fundos comunitários e 15% por verbas da ULSBA, vão ser comprados sete novos equipamentos: um de Tomografia Axial Computorizada (TAC), um de RX convencional e outro de RX portátil com detector digital, um de mamografia, uma estação de diagnóstico de imagiologia e dois ecógrafos.
A ULSBA já lançou o concurso público internacional para a compra dos novos equipamentos, que vão substituir os que são usados actualmente no Serviço de Imagiologia do hospital para permitir aos profissionais darem “uma melhor resposta às necessidades dos utentes”.
O terceiro maior investimento, de 315 mil euros euros, vai para a requalificação do Centro de Saúde de Mértola e também será cofinanciado em 85% por fundos comunitários e 15% por verbas da ULSBA, refere a instituição, indicando que já lançou o concurso público para adjudicar a obra. Outra das obras, no valor de 103.340,10 euros, vai permitir requalificar a Extensão de Saúde de Messejana, no concelho de Aljustrel, e será cofinanciado em 85% por fundos comunitários e 15% por verbas do município. Num investimento de 170.000 euros, outro dos projetos vai servir para requalificar a Unidade de Preparação de Produtos Citotóxicos do Hospital de Dia de Beja, refere a ULSBA, indicando que a obra vai começar na quinta-feira e será cofinanciada por fundos comunitários e verbas da instituição.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *