Pedro Cunha Serra e Filipe Duarte Santos distinguidos com Prémio Carreira nos Green Project Awards

Por a 14 de Janeiro de 2018

Já são conhecidos os vencedores da 10ª Edição do Green Project Awards 2017 (GPA).
Os premiados foram anunciados numa cerimónia que decorreu no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, a par com a V Conferência GPA’17 sobre o tema “A Cidadania e o Futuro da Sustentabilidade”.
O Prémio Especial Carreira pela Sustentabilidade, por nomeação directa do ministro do Ambiente e do presidente da
Câmara do Porto, foi atribuído a Pedro Cunha Serra, um dos maiores especialistas em recursos hídricos do nosso
país e actual assessor da administração TPF-Planege, além de Ex-Presidente do Conselho de Administração da AdP,
Águas de Portugal e a Filipe Duarte Santos, especialista de renome internacional na área das Alterações
Climáticas e Presidente do Conselho Nacional do Ambiente.
Nesta cerimónia foram ainda atribuídos três prémios especiais. O Prémio Jerónimo Martins/GPA – Investigação e
Desenvolvimento Sustentável 2017 foi atribuído ao Instituto Superior de Engenharia de Lisboa, com o projeto ECO-
Zement: Reutilização do resíduo de “cracking” catalítico em leito fluidizado da refinação de petróleo em materiais à base de cimento. O projecto ECO-Zement tem como objectivo que a selecção destes ecomateriais seja convergida com
as preocupações de sustentabilidade que incluem maior consideração pelos impactos ambientais bem como, com a
gestão de recursos naturais e financeiros limitados.
O vencedor do Prémio Inovação Social Sociedade Ponto Verde/GPA foi o Ineditapanoplia Club (A.K.A. Critical
Concrete) com o proje to Critical Change, um laboratório que desenvolve soluções acessíveis, eficientes e sustentáveis que permitam combater a pobreza habitacional. A Critical Concrete trabalha com a comunidade local onde
desenvolve atividades baseadas no consumo consciente, reutilização de materiais e upcycling. As Menções Honrosas
couberam à 1000Rostos, Associação Ação Social com o projeto Vintage for a Cause e à BIPP – Inclusão para a
Deficiência com o projeto SEMEAR.
Este ano foi ainda entregue pela primeira vez o Prémio ANI – Agência Nacional de Inovação/GPA Born From
Knowledge (BfK) – BfK Awards ao projeto Smart Kiosk in Motion, estruturas inteligentes de 20 ou 40 metros
quadrados com mecanismo de rotação de 180º para seguir o sol, da Casas em Movimento. Estas soluções produzem
5 vezes mais energia elétrica que a consumida, resultante da rotação combinada do edifício e da cobertura
fotovoltaica. Os excedentes energéticos podem ser utilizados para alimentar smartphones, portáteis ou até viaturas
eléctricas e edifícios envolventes.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *