Projecto “Escola de Todos Nós”: Faltam 135 mil euros para concluir obra

Por a 16 de Janeiro de 2018

Foi a 15 de Outubro de 2017, há três meses, que a antiga escola de Midões, concelho de Tábua, que servia como infantário para cerca de 30 crianças, ficou destruído pelos incêndios que devastaram aquela região. Naquela que foi considerada a maior tragédia de sempre em Portugal pelo vasta área ardida, mais de 50% do concelho ficou destruído, tendo provocado três mortos e a destruição de mais de 100 habitações.
Em conjunto com alguns associados, a Associação Portuguesa de Promotores e Investidores Imobiliários (APPII) rapidamente desenvolveu esforços para reunir o maior número de parceiros para, de forma completamente gratuita, reconstruir a antiga escola de Midões.
Fazem parte do projecto “Escola de Todos Nós”, além da APPII, a Level Constellation (coordenação geral do projecto), Conceito Arquitectos (responsável pelo projecto), Map Engenharia (empreiteiros), Invescon (fiscalização). Além disso, associaram-se, entretanto, outras tais como a Porcelanosa, PMP, Caixiave, Grupo SIL, Caetano Coatings, Umbelino Monteiro, Weber, Fassa Bartolo, IKEA e Jardins do Paço. Também a Cimpor deverá juntar-se a esta equipa brevemente.
Com um investimento global orçado em perto de 500 mil euros, “já reuniram em apoio material e financeiro cerca de 300 mil euros”. Continuam a faltar “perto de 135 mil euros para podermos concluir a obra”, como explica Pedro Vicente, da promotora imobiliária Level Constellation e coordenadora do projecto.
“Estamos, neste momento, a preparar a empreitada, esperando que o seu arranque possa ter lugar no decurso do mês de Fevereiro. Os trabalhos deverão demorar entre seis a 12 meses, consoante os apoios que ainda viermos a reunir”, reforça ainda Pedro Vicente.
Actualmente, para que possa dar início à obra, estão ainda em falta diversos materiais, nomeadamente: Betão pronto, cimento e ferro para a construção. Além disso, o coordenador do projecto salienta que é necessário também o apoio de empresas no ramo das águas, esgotos e electricidade.
Para mais informações relativamente aos materiais em falta ou donativos em dinheiro pode consultar o site da Level Constellation (www.levelconstellation.pt).

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *