AML aprova Orçamento Municipal para 2018

Por a 19 de Janeiro de 2018

Foi aprovado, esta terça-feira, pela Assembleia Municipal de Lisboa (AML) o orçamento municipal para 2018.
Votado em conjunto com as Grandes Opções do Plano para 2018-2021, o mapa de pessoal e a tabela de taxas municipais para este ano, o documento mereceu o aval do PS, BE e deputados independentes, a abstenção de PAN, PCP e PEV, e os votos contra dos deputados do PSD, CDS-PP, PPM e MPT.
“Aproveitar o momento único que vivemos parar tornar Lisboa uma das melhores cidades do mundo para se viver” é principal objectivo  das Grandes Opções do Plano (GOP) para a Cidade de Lisboa 2018-2021. Uma visão que se desenvolve em cinco grandes linhas estratégicas, que são as seguintes: Eixo A – Melhorar a qualidade de vida e o ambiente; Eixo B – Combater exclusões, defender direitos; Eixo C – Dar força à economia; Eixo D – Afirmar Lisboa como cidade global; Eixo E – Governação aberta, participada e descentralizada.
As GOPs 2018-2021 incluem ainda dois importantes instrumentos previsionais: o Plano Plurianual de Investimentos 2018-2021, com os resumos e a discriminação dos investimentos previstos e o Plano Anual de Actividades 2018, intimamente associado ao Orçamento Municipal 2018, com a identificação dos projectos e acções a desenvolver a sua repartição pelos diferentes serviços da orgânica municipal.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *