Lauak vai investir 32M€ numa unidade industrial em Grândola

Por a 22 de Janeiro de 2018

A multinacional francesa Lauak vai investir 32 milhões de euros em Grândola, distrito de Setúbal, para produzir componentes para a indústria aeronáutica a partir de 2019.
A construção das instalações industriais da empresa em Grândola, num projecto de investimento de “32 milhões de euros”, aguarda a conclusão de formalidades, como a assinatura do contrato da obra e a obtenção da licença para remoção de terras. A fábrica de Grândola vai ter três linhas autónomas de produção, sendo a primeira a entrar em funcionamento, no início do próximo ano, destinada a produzir peças destinadas ao avião A320 da Airbus, estando também previsto posteriormente o fornecimento de componentes para o modelo A330 e o Falcon.
O investimento, que inicialmente estava previsto ser de 25 milhões de euros, subiu para os 32 milhões de euros, após negociações com a Airbus para a “produção de outras peças maquinadas”.
A Lauak, que já tem uma unidade de produção em Setúbal, vai produzir a partir de Grândola materiais compósitos e portas de bagageira de carga para a Airbus.
A empresa já deu início ao processo de recrutamento para a formação de trabalhadores, que vai decorrer ao longo de 2018, tendo decorrido em Grândola uma sessão pública de apresentação do projecto e de recolha de candidaturas, que lotou o auditório do Cineteatro Grandolense.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *