EcoStruxure da Schneider Electric permite optimizar companhias eléctricas

Por a 13 de Março de 2018

O EcoStruxure ADMS 3.8 da Schneider Electric ajuda as companhias eléctricas a integrar os DER e facilita a sua adopção por parte dos  clientes, enquanto diminui o custo total da implementação, manutenção e actualizações de soluções de TI/TO.

Estes desenvolvimentos permitem que as companhias eléctricas apresentem uma rede flexível através da optimização dos recursos de energia distribuída (DER), além de melhorarem a gestão de activos com a integração no fluxo de trabalho de um sistema de informação geográfica (GIS) autómato, o EcoStruxure ArcFM.

“As companhias elétricas estão a enfrentar muitas mudanças no seu sector que requerem uma eficiência superior na gestão da rede e apoio para potenciar o conhecimento dos clientes (customer empowerment). Ao adoptarem o EcoStruxure ADMS 3.8, as companhias eléctricas, podem aumentar a fiabilidade da energia, enquanto suportam a adopção de energia sustentável e reduzem o custo total de propriedade das soluções de modernização de rede” afirma Jérome de Parscau, Senior Vice-President, Energy Digital Solutions, Schneider Electric.

Entre as várias funcionalidades do EcoStruture ADMS 3.8, a Schneider Eletric destaca a possibilidade de troca de mensagens bidirecionais, com a validação de dados e o relatório de erros, transformando um processo empresarial comum num fluxo de trabalho automatizado de gestão de dados e os dispositivos de automação de rede, tais como Easergy T300, que suportam o ADMS DERMS, de modo a garantir energia segura e fiável ao optimizar fluxos de energia e monitorizando a qualidade da energia, mesmo integrando uma geração distribuída intermitente.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *