Cascais lança concurso de ideias para pavilhão efémero

Por a 15 de Maio de 2018
 
A Câmara Municipal de Cascais, com a assessoria técnica da  Secção Regional Sul da Ordem dos Arquitectos (OASRS), lançou um concurso internacional de ideias que tem como objectivo seleccionar uma ideia para uma intervenção efémera de arquitectura para o Jardim da Parada, ao lado da Casa Sommer, no centro de Cascais. As propostas podem ser entregues até ao dia 13 de Julho.
A ideia vencedora do concurso será construída pela Câmara Municipal de Cascais, estando previsto que fique patente entre Agosto até Outubro de 2018, marcando presença neste espaço público da cidade durante os meses de Verão.
O júri conta com Philippe Starck, indicado pela Câmara Municipal de Cascais, (presidente), o arquitecto Georg Pendl, Presidente do Architect’s Council of Europe, indicado pela Câmara Municipal de Cascais, a arquitecta Oya Atalay Franck, Presidente da European Association for Architectural Education, indicada pela Câmara Municipal de Cascais, o arquitecto e curador Pedro Gadanho, Director do Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia – MAAT, indicado pela Câmara Municipal de Cascais, o arquitecto João Veríssimo, finalista 2016 do Young Talent Architecture Award, indicado pela Câmara Municipal de Cascais; o arquitecto Miguel Marcelino, indicado pela OASRS e Joana Balsemão, Vereadora do Ambiente da Câmara Municipal de Cascais, indicado pela Câmara Municipal de Cascais.
Segundo a autarquia e a OASRS os critérios de avaliação são:  Inovação e originalidade na abordagem ao tema “Água” (40 %), Integração no lugar e capacidade de interagir com a dinâmica do espaço público (30 %), Exequibilidade, sustentabilidade e adequabilidade do processo construtivo (20 %) e Proposta de curadoria para o Sommer Pavilion (10 %).

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *